sábado, 15 de junho de 2013

MOACYR DOS SANTOS

Moacyr dos Santos nasceu em 03/06/1932 em Monte Aprazível-SP e faleceu em 02/04/1996 em São Paulo, SP.
Despertou seu desejo compor, principalmente como letrista, através de um pequeno livro de modinhas. Ficou impressionado com algumas letras de
Lourival dos Santos (não havia nenhum parentesco entre eles, apesar de terem o mesmo sobrenome). Chegou a São Paulo em 1953, onde procurou por Lourival e, em pouco tempo, começaram a compor juntos.
Destacou-se como letrista e fez parceria com diversos nomes da Música Caipira Raiz, dentre os quais Sulino, Tião Carreiro, Tião do Carro, Jacozinho e Paraíso, além do já mencionado Lourival dos Santos. Trabalhou também como programador na Rádio Clube de Tanabi e também na Rádio Brasil Novo de São José do Rio Pardo.

Na foto ao lado, da esquerda para a direita: Moacyr, Lourival dos Santos, Pardinho e Tião Carreiro.

Diversas duplas, entre as quais, Tião Carreiro e Pardinho Lourenço e Lourival, Sulino e Marrueiro, Zilo e Zalo,e Pedro Bento e Zé da Estrada gravaram suas composições.
Moacyr dos Santos também compôs inúmeras Obras-Primas em parceria com o Paraíso, tais como "Franguinho Na Panela" (Moacyr dos Santos - Paraíso), "Não É Mole Não" (Paraíso - Moacyr dos Santos), "O Esteio E O Estorvo" (Moacyr dos Santos - Paraíso), "O Gato E A Pomba" (Moacyr dos Santos - Paraíso) e "Pé De Boi E Mão De Vaca" (Moacyr dos Santos - Paraíso).
Paraíso era por sinal muito amigo de Moacyr dos Santos e "Franguinho Na Panela" teve uma história "sui-generis", já que Moacyr um dia foi ao escritório de Paraíso e lhe mostrou um "rascunho" da belíssima composição, a qual encantou o parceiro que, ocupado, acabou "deixando o franguinho para outro dia".
Porém, poucos dias depois, Moacyr dos Santos "partiu para o Andar de Cima" e Paraíso, bastante chateado, tentava lembrar como era a melodia do "franguinho"... E nada! Até que, bastante tempo depois, uma Dupla Caipira foi ao seu escritório, querendo orientação para gravar um disco e, numa fita, levavam também uma gravação do que seria a "ideia básica" do mesmo "Franguinho na Panela"! Moacyr dos Santos, que também era amigo dessa dupla, havia apresentado a eles o "franguinho". Paraíso fez então o "acabamento" tão desejado e a primeira gravação ficou a cargo de Craveiro e Cravinho, que, com bastante alegria, num momento de retorno à Carreira Artística, fizeram ficar ainda mais bonito o "Franguinho Na Panela" (Moacyr dos Santos - Paraíso) e, com sucesso imediato!
Moacyr dos Santos jamais parou de compor e, ao falecer, deixou diversos trabalhos inacabados e algumas de suas obras ainda inéditas estavam sendo gravadas na ocasião.
http://www.boamusicaricardinho.com/comppoet_23.html#moacyrdossantos
Créditos: Boa Música Ricardinho

Algumas composições de Moacyr dos Santos:

- Achei Pouco, Achei Bom (Jacozinho e Moacyr dos Santos)
- A Ferro e Fogo (Moacyr dos Santos, Lourival dos Santos e Tião Carreiro)
- A Mulher do Cachaceiro (Moacyr dos Santos e Tião do Carro)
- Baiano no Côco (Moacyr dos Santos e Vaqueirinho)
- Boiadeiro de Palavra (Moacyr dos Santos, Lourival dos Santos e Tião Carreiro)
- Boi Fumaça (Moacyr dos Santos e Sulino)
- Bom de Bico (Moacyr dos Santos e Sulino)
- Caboclinha (Moacyr dos Santos e Milton José)
- Caboclo do Pé Quente (Sulino e Moacyr dos Santos)
- Canção à Morena da Praia (Xavantinho, Moacyr dos Santos e Tião do Carro)
- Cavalo Enxuto (Moacyr dos Santos e Lourival dos Santos)
- Cavalo que Pula (Carlos Militar e Moacyr dos Santos)
- Cochilou o Cachimbo Cai (Moacyr dos Santos e Lourival dos Santos)
- Começo do Fim (Lourival dos Santos e Moacyr dos Santos)
- Coração Redomão (Tião do Carro e Moacyr dos Santos)
- Empreitada Perigosa (Moacyr dos Santos e Jacozinho)
- Faca que Não Corta (Moacyr dos Santos, Lourival dos Santos e Tião Carreiro)
- Franguinho na Panela (Moacyr dos Santos e Paraíso)
- Fundanga (Moacyr dos Santos e Zé Claudino)
- Laço da Saudade (Moacyr dos Santos e João de Deus)
- Ladrão de Terra (Moacyr dos Santos e Teddy Vieira)
- Mãe Cega (Moacyr dos Santos e Tião do Carro)
- Mão Fechada (Moacyr dos Santos e Chico Mineiro)
- Mariquinha (Moacyr dos Santos e Quintino Eliseu)
- Menino Boiadeiro (Sulino e Moacyr dos Santos)
- Não é Mole Não (Paraíso e Moacyr dos Santos)
- Ninho de Cobra (Moacyr dos Santos e Jacó)
- O Caçador (Moacyr dos Santos e Jacozinho)
- O Dedo de Deus (Moacyr dos Santos e Gamalier)
- O Esteio e o Estorvo (Moacyr dos Santos e Paraíso)
- O Gato e a Pomba (Moacyr dos Santos e Paraíso)
- O Jogador de Baralho (Moacyr dos Santos, Quintino Eliseu e Sulino)
- O Machado e a Moto-Serra (Moacyr dos Santos e Zé Goiano)
- O Milagre de São Gonçalo (Nenete e Moacyr dos Santos)
- O Peão e o Ricaço (Sulino e Moacyr dos Santos)
- O Pobre e o Rico (Sulino e Moacyr dos Santos)
- Os Filhos da Bahia (Moacyr dos Santos e Lourival dos Santos)
- O Tesouro é do Patrão (Lourival dos Santos, Moacyr dos Santos e Paraíso)
- Pagode na Praça (Moacyr dos Santos e Jorge Paulo)
- Patrão Camarada (Jacozinho e Moacyr dos Santos)
- Peão da Cidade (Sulino e Moacyr dos Santos)
- Pé de Boi e Mão de Vaca (Moacyr dos Santos e Paraíso)
- Pé Quente (Moacyr dos Santos e Jacozinho)
- Perereca (Moacyr dos Santos e Lourival dos Santos)
- Portas Fechadas (Jacozinho e Moacyr dos Santos)
- Preto e Branco (Moacyr dos Santos e Sulino)
- Priminha Linda (Moacyr dos Santos e Lourival dos Santos)
- Promessa do Batistinha (Moacyr dos Santos, Ado Benatti e Marrueiro)
- Pula-Pula (Lourival dos Santos e Moacyr dos Santos)
- Pura Verdade (Sulino e Moacyr dos Santos)
- Rei do Pagode (Lourival dos Santos e Moacyr dos Santos)
- Resposta de Bombardeio (Moacyr dos Santos, Sulino e Celso Duarte)
- Sonho dos Direitos Autorais (Jacozinho e Moacyr dos Santos)
- Suspirando (Lourival dos Santos e Moacyr dos Santos)
- Tem e Não Tem (Moacyr dos Santos e Tião Carreiro)
- Tem Gambá no Galinheiro (Tião do Carro e Moacyr dos Santos)
- Terra Bruta (Moacyr dos Santos e Jacozinho)
- Tirando Aço do Chão (Xavantinho, Moacyr dos Santos e Martins Neto)
- Tudo Certo (Tião Carreiro e Moacyr dos Santos)
- Tudo Serve (Tião Carreiro e Moacyr dos Santos)
- Um Beijo Só (Moacyr dos Santos e Sulino)
- Vizinha Fuxiqueira (Sulino, Lourival dos Santos e Moacyr dos Santos)

Créditos: Recanto Caipira
http://www.recantocaipira.com.br/moacyr_dos_santos.html                                                                                  
 
  "FRANGUINHO NA PANELA" Craveiro e Cravinho
Moacyr dos Santos e Paraiso


"EMPREITADA PERIGOSA" - Jacó e Jacozinho
Moacyr dos Santos e Jacozinho



"A FERRO E FOGO" - Tião Carreiro e Pardinho
Moacyr dos Santos, Lourival dos Santos e Tião Carreiro



"NINHO DE COBRA" - Jacó e Jacozinho
Moacyr dos Santos e Jacó



"LADRÃO DE TERRA" - Jacó e Jacozinho
Moacyr dos Santos e Teddy Vieira

Contato com Minervina Almeida  (Vina Sertaneja)
E-mail: radiomusic35@hotmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário