terça-feira, 2 de julho de 2013

DINO FRANCO

“ 53 Anos de História Na Música Sertaneja”


Oswaldo Franco nascido na cidade de Paranapanema, interior de São Paulo, aos oito dias do mês de setembro de 1936, conhecido nacionalmente como: Dino Franco, pode ser considerado o mais popular e consagrado autor sertanejo em atividade na atualidade.
Dono de uma carreira fascinante, Dino Franco é um dos raríssimos exemplos de realização pessoal e profissional dentro da música popular brasileira, notadamente no segmento da música sertaneja raiz; com mais de cinquenta anos dedicados à musica. Além de ser um dos maiores compositores de todas as épocas, Dino Franco também fez história como cantor e como produtor musical.
Iniciou sua atividade profissional na década de 50 na Rádio Clube Marconi, em Paraguaçu Paulista (SP), quando então formou sua primeira dupla com nome de Osvaldinho e Orlandinho, participando de inúmeros shows em Circos, Parques de Diversão e em pequenos shows e festivais regionais.
Ainda na década de 50 transferiu residência para a capital paulista, mais precisamente no ano de 1.956, onde formou dupla com o parceiro Tibagi e criou seu primeiro programa de rádio, na então Radio Nacional, que ia ao ar às quintas-feiras no horário das 19,30 h.
Sua história como autor teve inicio no ano de 1957, sendo que a primeira obra, de sua autoria, a ser gravada foi Milagrosa Nossa Senhora interpretada pela dupla: Tonico e Tinoco e lançado pela Gravadora Continental.

Dedicou-se por vários anos à produção musical à frente da Gravadora Chantecler, onde produziu e lançou inúmeras duplas sertanejas no mercado fonográfico sendo que grande parte delas permanecem até hoje.
No decorrer destes 50 anos Dino Franco foi marcando sua história como sendo um vitorioso, tendo sempre suas raízes voltadas para a música sertaneja, ora cantando, ora compondo, participando e vencendo nos maiores Festivais de Música, destacando-se os das Rádios Nacional e Record e o famoso Festival Arizona de Música Sertaneja.
Sua trajetória na música sertaneja até o levou a ocupar a cadeira de numero 14 na Academia Municipalista de Letras do Brasil, sediada em Campo Grande, onde ocupa a cadeira nº 14 que era do saudoso João Pacífico.

Raros são os cantores e compositores, ainda em atividade, que têm o privilégio de ouvir suas obras gravadas e regravadas no decorrer de cinco décadas. O mais impressionante nesta história de sucesso é que jovens e adolescentes, mesmo sem conhecer o criador da obra, fazem coro com os mais velhos e saudosistas e interpretam as músicas de Dino Franco como se fossem hinos que se perpetuam ao longo dos anos.
Qual aquele amante ou admirador da música sertaneja, que nunca ouviu ou cantou, ao menos uma vez, estas frases:

“O que é feito daqueles beijos que eu te dei?..” e ...
“... Vai com Deus, sejas feliz com o seu amado ...

Dino Franco vem recebendo diversas homenagens mais do que merecidas. Infelizmente nesse país sem memória, em que a mediocridade muitas vezes é exaltada e os verdadeiros talentos são esquecidos, a grande mídia pouco se interessa por histórias como esta.
Mas aqui e ali, vamos quebrando essa regra e valorizando o que realmente tem valor, como o talento eclético deste que é um dos maiores, senão o maior poeta da música sertaneja de todos os tempos.
Parabéns, Dino Franco!!!
  
CRÉDITOS:
TEXTO DE: PEDRO ORNELAS - Código do texto: T2601253

Publicado no Recanto das Letras -  http://www.recantodasletras.com.br/artigos/2601253

Algumas composições de Dino Franco:
  Abandono (Dino Franco - Fabiano)
  A Cachaça E O Fumo (Dino Franco - Nhô Chico)
  A Fuga (Nhô Chico - Dino Franco)
  A Inflação E O Salário (Chrysóstomo - Dino Franco)
  Altar da Natureza (Dino Franco - Anízio Antônio Moreira)
  Amanhecer Divino (Tenente Wanderley - Dino Franco)
  Amargurado (Dino Franco - Tião Carreiro)
  A Moda Do Cachaceiro (Dino Franco - Nhô Chico)
  Amor e Saudade (Dino Franco - José Milton Faleiros)
  Amores Perdidos (Dino Franco - Tião Carreiro)
  A Sementinha (Dino Franco - Itapuã)
  As Três Namoradas (Dino Franco - José Fortuna)
  Baile Na Fazenda (Dino Franco - Gauchito do Acordeon)
  Bailinho do Matão (Dino Franco - Zé Maringá)
  Berço De Deus (José Rico - Dino Franco)
  Boiadeiro Da Saudade (Sebastião Ferraz - Dino Franco)
  Brasil 85 (Dino Franco - Tenente Wanderley)
  Caboclo Castiço (Ademar Braga - Dino Franco)
  Caboclo Centenário (Dino Franco - Nhô Chico)
  Caboclo De Sorte (Dino Franco - Tião Carreiro)
  Caboclo Na Cidade (Dino Franco - Nhô Chico)
  Caçada De Onça (David Vieira - Dino Franco)
  Candidato Caipira (Nhô Chico - Dino Franco)
  Canta Canta Pantaneira (Mário Zan - Dino Franco)
  Capricho Do Destino (Dino Franco)
  Casa Pobre (Dino Franco)
  Céu de Mato Grosso (Dino Franco - Orlando Ribeiro)
  Cheiro de Relva (Dino Franco - José Fortuna)
  Cusco Do Pago (Dino Franco)
  Derradeira Morada (Dino Franco)
  Desencanto da Natureza (Alcino Alves Costa - Dino Franco)
  Desesperado (Dino Franco - Tião Carreiro)
  Eu, Boi e Boiada (Maciel Corrêa - Dino Franco)
  Exemplo de Humildade (Dino Franco - Tião Carreiro)
  Festança em Brasília (Dino Franco)
  Festa Pantaneira (Mário Zan - Dino Franco)
  Festa Paraguaia (Mário Zan - Dino Franco)
  Filho De Ninguém (José Rico - Dino Franco)
  Flor Do Campo (Dino Franco)
  Flor Predileta (Dino Franco - Tertuliano Amarilla)
  Foi Demais o que Fizeste Comigo (Dino Franco - Tertuliano Amarilha)
  Fonte Dos Namorados (Dino Franco)
  Fundão De Serra (Dino Franco - Cláudio Rodante)
  Garoto do Pantanal (Dino Franco)
  Grã Fino Na Roça (Dino Franco - Nhô Chico)
  Grande Amor da Minha Vida (Ademar Braga - Dino Franco)
  He He Goiás (Dino Franco)
  Herói Do Brasil (Dino Franco - Oswaldo de Andrade)
  Homem Descrente (Dino Franco - Aparecida Mello)
  Ideal do Caboclo (Dino Franco - Ari Guardião)
  Ida Sem Volta (Anízio Antônio Moreira - Dino Franco)
  Inconfidência Mineira (Dino Franco - Oswaldo de Andrade)
  Ingrata (Dino Franco)
  Jóia Perdida (Dino Franco - Tenente Wanderley)
  Juramento (Dino Franco)
  Lavoura de Maconha (Dino Franco - Jesus Carlos)
  Mágoa (Dino Franco - Zeca)
  Manhã Do Nosso Adeus (Zé do Rancho - Dino Franco)
  Manto Estrelado (Dino Franco - Tenente Wanderley)
  Medo (Dino Franco - José Neves)
  Mestiça Arisca De Laço (Dr. Alves Lima - Dino Franco)
  Meu Amor É Todo Seu (Dino Franco)
  Meu Erro (Dino Franco - Mococa)
  Meu Passado (Dino Franco)
  Meu Pequeno Itajobi (Dino Franco)
  Meu Ranchinho (Sebastião Victor - Dino Franco)
  Milagrosa Nossa Senhora (Tonico - Tinoco - Dino Franco)
  Minha Infância (Dino Franco)
  Minha Mensagem (Dino Franco - Nhô Chico)
  Minha Vida, Minha Cruz (Dino Franco - Tião Carreiro)
  Namoro Proibido (Dino Franco - Zezito)
  Natal De Esperança (Dino Franco)
  Natureza (Dino Franco)
  Noites De Angústia (Dino Franco - Tião Carreiro)
  Nossa Raiz (Dino Franco - Mouraí)
  O Jeitinho Da Chica (Dino Franco)
  Oração do Nosso Amor (Dino Franco - Lusmar)
  Paineira Velha (Dino Franco - Juquinha)
  Passos Na Calçada (Dino Franco)
  Pedaço de Chão (Dino Franco - Décio Polônio)
  Pescador de Ivaí (Dino Franco - Adolfinho)
  Pinguinho de Gente (Dino Franco)
  Pombinha Mensageira (Belmonte - Dino Franco)
  Porto da Saudade (Ademar Braga - Dino Franco)
  Por Que Me Deixaste (Dino Franco - Liu)
  Pousada De Boiadeiro (Dino Franco - Tião Carreiro)
  Presente de Deus (Aparecido Abel - Dino Franco)
  Primeira Ilusão (Dino Franco)
  Punhal Da Falsidade (Dino Franco - Tião Carreiro)
  Quando A Saudade Machuca (Dino Franco)
  Rebanho Brasileiro (Dino Franco - Julio Paiva)
  Regresso (Dino Franco)
  Rei Da Capa (Dino Franco)
  Retrato Do Boi Soberano (Dino Franco)
  Santa Helena De Goiás (Liu - Dino Franco)
  Serra Molhada (Dino Franco - Valdemar Reis)
  Sertão, Viola e Amor (Alcino Alves Costa - Dino Franco)
  Sopro de Brisa (Dino Franco - Tenente Wanderley)
  Temporal de Lágrimas (Dino Franco - Fandangueiro)
  Travessia Do Araguaia (Dino Franco - Décio dos Santos)
  Trova Campeira (Jorge Neves - Cândido - Dino Franco)
  Um Pouco De Minha Vida (Dino Franco)
  Velhas Ruínas (Tenente Wanderley - Dino Franco)
CRÉDITOS: Boa música brasileira-Ricardinho


"AMARGURADO" - Tião Carreiro e Pardinho
Composição: Dino Franco e Tião Carreiro


"A Sementinha" - Biá e Dino Franco
Composição: Dino Franco e Itapoã


"Caboclo na Cidade" - Dino Franco e Mouraí
Composição: Dino Franco e Nhô Chico


"Amor e Saudade" - Tião Carreiro e Pardinho
Composição: Dino Franco e Milton Faleiros


"Travessia do Araguaia" - Dino Franco e Mouraí
Composição: Dino Franco e Décio dos Santos

 

 "Capricho do Destino" - Belmonte e Amaraí
Composição: Dino Franco


Contato com Minervina Almeida (Vina Sertaneja)
E-mail: radiomusic35@hotmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário